21 março, 2017

Aquela música que lembrava você


E começou a tocar, eu não estava preparado. Eu estava na sala, lendo um bom livro, tomando um bom drink, quando aquela música começou a tocar. Será que o rádio captou algo no ar? Será que ele sentiu que a minha energia emanava algo extremamente bom, e ele simplesmente lembrou que você fez parte da minha vida, e que você sempre escutava essa música no carro, na minha casa, na sua casa, e era louco como em qualquer lugar que íamos essa música tocava. Nem era uma música viral, era aquela música que sempre que tocava eu lembrava de você. E hoje não foi diferente!

A nossa sinergia era algo incomum, não tinha outra no mundo igual, era algo que só a gente sentia, era algo que só a gente vivia, era intenso. Tão intenso que chegou no ápice, que estourou, que tomou conta de nós dois, e quando isso aconteceu, quando não tinha mais espaço para nada, e só tinha aquele sentimento que antes confortava e que agora estava nos sufocando, nós não aguentamos mais, jogamos os tacos e aceitamos que tudo aquilo tinha acabado.

Era eu e você, você e eu, era nós dois contra quem dissesse que aquilo não era real. Mas nós sabíamos que era! Nós sentimos cada beijo, nós amamos da melhor maneira, nós líamos os livros e rapidamente se entediávamos e voltávamos a amar, sempre com aquele sentimento que emanava, e com aquela música que tocava.

Depois de tudo isso chegou o fim, e nós esperávamos que isso iria acontecer. Nosso amor era tão intenso para ser vivido para sempre, aquilo era um momento, um momento bom que nós adorávamos, mas sabíamos que esse sentimento um dia ia acabar, e simplesmente acabou. A gente não se assustou, somente aceitou que aquele era o fim. E até mesmo no fim aquela música tocou.

E hoje, depois de anos, de meses, de dias longe de você, o rádio sentiu que eu precisava, e tocou a música que nos tocava. Nós dançávamos com essa música, e hoje ela não toca mais. E quando a melodia dessa música entrou no meu ouvido eu pude reviver tudo o que vivemos, eu pude sentir o que sentimos nos dias que estávamos juntos. E eu chorei, chorei de alegria, chorei porque foi amor, chorei porque foi verdadeiro, chorei porque nós dois sabíamos a verdade, chorei porque eu senti de novo a vida.

Mas não desejei que voltasse, foi algo que aconteceu no tempo que deveria ter acontecido, foi algo que emocionou nossas vidas naquele tempo, foi algo que nos fez viver mais e mais, sempre pensando no futuro. Foi algo que nos amadureceu, foi algo que nos fez seres humanos. Foi algo necessário!

E agora que essa música acaba, eu só mentalizo uma mensagem para você, de que eu te amei naquela época, e hoje amei de novo, queria te agradecer. E então a música para.

[Num outro país, num mesmo instante] Estava lavando meu cabelo, foi um dia cansativo, usar salto sempre me deixa tão cansada. E foi num momento inesperado que no rádio começou tocar a música, a música que lembrava ele. E eu senti um amor, senti um calor da vida, eu senti ele, e lembrei de tudo, e fiquei feliz.

Por Edson Lopes
Foto por Cansu Boğuşlu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Totalmente Jovem | Blog sobre livros, séries, músicas e entretenimento © 2014-, Todos os direitos reservados. Design por Sadaf F K / Edson Lopes