18 fevereiro, 2017

O poder da natureza


Esse é um poema que eu escrevi lá na viajem para a praia que eu fiz, avisando vocês num post do blog. Pena que foi o único poema/texto que eu escrevi lá, era tanta coisa passando na minha cabeça, a saudades dos meus gatos, da minha casa, de escrever para vocês, que isso me deixou meio ocupado e não tive mais ideias para escrever outra coisa, então não resolvi forçar minha mente e deixei por isso mesmo. Esse é um poema que fala dos sentimentos, do contato com a natureza, e como o natural faz bem para nós. Espero que gostem.

O poder da natureza


A brisa do mar me faz pensar,
Pensar em coisas novas,
Lições, pessoas que um dia chegarão.

A brisa do mar me faz olhar,
Olhar pro horizonte,
E ver que tudo posso tentar neste mundo.

A brisa do mar me faz sonhar,
Sonhar sobre um futuro perfeito,
Sobre o que fiz, vou fazer, e o que já foi feito.

O vento que espalha os grãos de areia
Espalha também os meus pensamentos,
Transformando-os em grandes questões,
Sobre a vida, sobre a morte, sobre mim, sobre acontecimentos.

É inspiradora, essa brisa,
É um relento para o meu coração,
É o repouso da minha alma,
É a canção da repetição.

Repitir a alegria,
Repetir a dor,
Repetir tudo,
Repetir o amor.

Repetir é felicidade,
Repetir é viver,
Repetir é constante,
E eu, depois de repetir, quero esquecer.

Depois dessa brisa, desse vento frio, 
Vêm uma chuva, 
Que, eu, a deixar as gotas cairem no meu corpo,
Consigo sentir cada pedaço da minha alma.

É uma água revigorante,
É uma água vivaz,
É o que eu necessitava neste instante,
É o que a natureza faz.

Tantos movimentos em busca de paz,
Tantos pensamentos com relação ao não saber,
Tantos questionamentos em busca de respostas,
Tantas corpos em busca do prazer.

É isso que eu precisava,
É isso que me faz viver,
Ver a natureza, grande, bonita; exalando,
A sua vida, o seu saber, o seu poder.

Por isso, é assim que termino,
Estes versos, que ao meu ver,
Mostram a poderosa força da natureza,
Que quando vêm, nos faz pensar,
Chorar, amar, questionar, sofrer.
Com isso não temos forças,
Só podemos aceitar,
Aceitar a força bruta da vida,
Que um dia irá acabar!

Foto por Lukas Furlan (com alterações na edição feitas por mim)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Totalmente Jovem | Blog sobre livros, séries, músicas e entretenimento © 2014-, Todos os direitos reservados. Design por Sadaf F K / Edson Lopes