04 novembro, 2016

Ficar sem ideias


Ficar sem ideias para mim, é quase o fim do mundo. As ideias para mim são minha fonte inesgotável de expressar o que eu penso, mas durante algum tempo parece que essa "fonte inesgotável" tornou-se finita. Sinceramente, viver sem conseguir escrever algo novo, desenhar algo novo, conversar algo novo, criar algo novo, é tão triste. Acredito que as ideias são importantes para a nossa vida, mas de tanto termos elas, uma hora elas precisam "desaparecer por algum tempo". Acho que mesmo sendo triste ter um bloqueio criativo, ficar sem ideias, tendo a pensar que é necessário isso para as mesmas, pois as ideias precisam de descanso.

Simplesmente é a verdade, quando utilizamos algo muito, ou usufruirmos da última gota, aquilo pode voltar, mas naquele momento acaba. É necessário que acabe algo por um determinado momento para que isso volte de uma forma melhor. As ideias se encaixam nesse argumento. Precisamos usar elas até o final, para que elas voltem de uma forma magnífica.

Então não julgue a si mesmo por estar sem ideias, pense que logo logo terá mais ideias e essas serão melhores que as anteriores, tudo tem que se renovar não é mesmo? Nós nos renovamos a cada segundo, a cada tempo que passa tentamos o novo, mesmo que ao tentar nós falhemos, o importante é que mudamos um pouco.

Portanto resumindo tudo isso, o bloqueio criativo, a falta de ideias, são acontecimentos que antecedem as novas ideias que teremos. E que quando isso acontecer, devemos parar e deixar o cérebro se recuperar de todo o esforço que ele fez. Pois ninguém, nem mesmo o nosso cérebro, é de ferro para aguentar consecutivamente "fazer ideias". O pensar é algo muito cansativo, e todos precisam de descanso para reiniciar.

Foto por Agência Maori

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Totalmente Jovem | Blog sobre livros, séries, músicas e entretenimento © 2014-, Todos os direitos reservados. Design por Sadaf F K / Edson Lopes