13 abril, 2016

[Resenha/Resumo] Lavoura Arcaica - Raduan Nassar


'Lavoura Arcaica' é um texto no qual se entrelaçam o novelesco e o lírico, uma alegoria poética da sociedade brasileira contemporânea por meio de um narrador em primeira pessoa - André, o filho encarregado de revelar o avesso de sua própria imagem e, conseqüentemente, o avesso da imagem da família. 'Lavoura' recebeu três prêmios - 'Coelho Neto' da Academia Brasileira de Letras; 'Jabuti' da Câmara Brasileira do Livro e 'Revelação' da Associação Paulista dos Críticos de Arte - além de uma adaptação cinematográfica em 2001.
 
 A "Lavoura Arcaica" foi um livro que eu li, porque estava na lista de livros para o vestibular que eu irei prestar esse ano. No começo já fiquei meio sem vontade de ler porque era uma leitura quase que obrigada, eu não tinha obrigação, mas não era o estilo de livro que me agrada. Então já tinha meio que um julgamento pronto para o livro, sem eu sequer lê-lo.
 
A história é sobre André, que "fugiu" de casa a procura de um lugar para pensar, lembrando que essa é minha opinião, pelo o que eu vi por outras resenhas cada pessoa entendeu a história de um modo, mas o final sempre foi o mesmo, retomando, e André como precisava de um lugar para pensar, ele resolveu fugir. Ele queria paz, mas enquanto estava sozinho, ele teve conversas com seus familiares, tudo dentro de sua mente, e talvez seu irmão veio visita-lo, mas não me recordo de uma parte mostrar isso. Pois a escrita é totalmente clara, só tem um parágrafo por capitulo, então dá a deduzir que é o pensamento.
 
Nessas visitas de seus familiares, ele refletia mais e mais sobre o que fez ele sair de sua casa para pensar, em primeiro lugar os sermões de seu pai, e em segundo, ele era apaixonado por sua irmã. E como sua família era muito tradicional, ele sabia que nunca eles iriam aceitar o amor que ele tinha por uma pessoa tão próxima mas ao mesmo tempo tão longe dele. Até que seu momento de pensar acaba e ele resolve voltar para a casa.


 
[A PARTIR DESSA PARTE EU CONTO SOBRE O FINAL DO LIVRO, VAI CONTER SPOILERS, POIS É QUASE UM RESUMO/RESENHA DO LIVRO]
 
Quando chega em casa, ele é bem recebido, toma banho, vai a mesa para jantar, tem uma "discussão" com seu pai, que era só ele rebatendo os sermões que seu pai dava, que foi um dos motivos que o fez sair de casa. Mas o que ele mais pensava era sobre sua irmã, que não estava em casa, estava na igreja desde quando ele chegou.
 
Sua família preparou uma festa de retorno para ele, aonde teve várias atividades, mas o que André queria mais era ver sua amada. Que por sua surpresa veio, e correndo para seus braços, os dois se beijaram, e no instante que seu pai viu essa cena, caiu duro no chão, morreu de desgosto.

 
Então gente, esse é o fim do livro, não conta mais nada sobre o que aconteceu com André. E agora para a resenha virar mesmo uma resenha vou expor minha opinião. Eu sinceramente não gostei parcialmente do livro, até porque como eu disse não é um estilo que eu gosto, e também achei o livro com muitas palavras difíceis, sou acostumado a ler mas nunca li um livro com tanta descrição, detalhes, que para mim as vezes eram inúteis.
 
Mas o livro pode te agradar, ninguém tem o mesmo gosto, por isso eu aconselho sim a ler esse livro, que mesmo sendo uma leitura que eu não gostei, algumas partes me fizeram refletir sobre várias coisas, então foi 4 de um total de 10 pontos que eu poderia dar. Espero que tenham gostado, até a próxima.

2 comentários:

  1. Pelo proprio título é possível observar quede trata de uma obra com uma linguagem bem rebuscada, mas aceitei isso como um desafio.. Fiquei surpreso com os questionamentos que o livro propôs, Valeu a pena ter separado um tempo para lê-lo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por comentar Matheus! Eu também me impressionei com a escrita do autor, mas foi um desafio. E acho que no final mesmo não gostando do livro, foi uma experiência nova! Volte sempre :D

      Excluir

Totalmente Jovem | Blog sobre livros, séries, músicas e entretenimento © 2014-, Todos os direitos reservados. Design por Sadaf F K / Edson Lopes