04 agosto, 2014

Até Logo Querida


Querida, escrevo essa carta com um aperto no coração, não sei se vamos nos comunicar novamente, talvez eu lhe perda, talvez eu nunca mais te encontre.
Minha querida, saiba que eu te amei muito, e nunca irei parar, mas esse nosso amor não vai para frente. E é muito difícil falar isso, você sempre será parte da minha vida saiba disso, mas tenho que partir.
Seus pais não me aturam, seus amigos me odeiam, e pareço apontar uma arma para sua cabeça a cada instante que pergunto a você se me amas, pois, parece que é forçada a dizer sim.
Saibas que tu não sairá daqui de dentro do meu peito, e logo logo irei para guerra e não sei se voltarei com vida. Talvez nosso filho entenda que nosso amor machuca, dói e fere.
Com certeza ele entenderá é um menino esperto. E que seus caminhos sejam sempre de luz, e eu peço à Deus que sempre cuide de você, e que não me esqueça.
Pois pior dor que essa do nosso amor é saber que um dia me esqueceu. E que se tu encontrar outra pessoa que ocupe lugar no seu coração, que ele deixe-o feliz, e que não o machuque.
E nunca se esqueça das nossas loucuras, das nossas conversas, e das nossas brigas, por que isso nos moldou, e sou esse homem hoje pois você me ensinou assim. Eu parto daqui com uma dor que não aguento. Mas saiba que tu és minha não importa se estivemos a sete palmos do chão, ou se estivemos voando no céu, tu serás minha.

Aqui vai uma pessoa que lhe ama mais que tudo. Adeus não é o certo, Até logo Querida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Totalmente Jovem © 2014-, Todos os direitos reservados. Design por Sadaf F K / Edson Lopes