30 julho, 2014

Músicas inspiradas em Livros


Todos amamos músicas e alguns gostam de livros, mas vocês sabiam que essas duas coisas que você pode gostar ou não já se juntaram? E imagina que você ama uma música e fica cantando ela toda hora e então você vai pesquisar a letra para cantar certo e descobri que essa música que você ama é inspirada num livro que você odeia. Então várias bandas famosas, de rock e de outros estilos já fizerem isso. E eu trouxe para vocês algumas músicas que foram inspiradas em livros. Então confira ai.



The Police e Vladimir Nabokov

Sting, vocalista e líder da banda, escreveu Don’t stand so close to me depois de ler Lolita, do escritor russo Nabokov. O livro conta a história de uma ninfeta de 12 anos que inflama as loucuras e desejos de um intelectual de meia idade.

Aqui ele faz uma menção clara à Lolita

“Um jovem professor a matéria 
Da fantasia de uma aluna 
Ela o quer de tal maneira 
Sabe como ela quer ser 
Dentro dela há desejo 
Essa menina é uma página aberta Anotando em seu livro – ela está perto agora 
Essa menina tem a metade da sua idade…”





Led Zeppelin e J. R. R. Tolkien

Em 1971, a banda lançou Misty mountain hop que traz referências do Hobbit, de J. R. R. Tolkien. Na música, eles descrevem um passeio maluco até a montanha nebulosa que, no livro, separa o Leste do Oeste na Terra Média.

A versão cinematográfica da história também traz uma canção sobre a montanha nebulosa, chamada de The misty mountains cold, e interpretada pelos anões dentro da casa do hobbit Bilbo Bolseiro.

“Portanto eu decidi o que vou fazer agora
Portanto estou arrumando minhas malas para as montanhas nebulosas
Para onde os espíritos vão agora
Sobre as colinas onde os espíritos voam…”





Rolling Stones e Mikhail Bulgakov

Várias histórias rondam Sympathy for the devil, mas, em minha opinião, a que melhor se enquadra é a referência ao O mestre e margarida, romance do escritor russo lançado em 1973.

O livro narra a fantástica chegada do diabo em plena Moscou comunista dos anos 1930. Satanás, no entanto, não está sozinho: em sua comitiva há uma feiticeira nua, um homem de roupas apertadas e um gato preto.

Na versão melódica da história, os Stones instigam as pessoas a adivinhar qual é o personagem principal da canção e o ‘tinhoso’, em vez de chegar em Moscou, dá as caras em São Petersburgo, também na Rússia.

“Por favor, permita que eu me apresente
Sou um homem de riquezas e bom gosto
Estive por aí por muitos, muitos anos
Roubei a alma e a fé de muitos homens…”




Bom gente isso é muito engraçado e legal. Espero que vocês gostem, e se vocês sabem alguma música comentem aqui no post. Até amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Totalmente Jovem | Blog sobre livros, séries, músicas e entretenimento © 2014-, Todos os direitos reservados. Design por Sadaf F K / Edson Lopes